• Registro
Voz PDF Imprimir E-mail


A voz é um dos nossos instrumentos de comunicação.

Quando ela não impede que nos comuniquemos, pouco provável iremos atrás de algum profissional mas, se ela fica rouca, cansada ou diferente, percebemos sua grande importância e vamos atrás de ajuda.

É importante ressaltar que se sua voz está rouca por mais de 15 dias, mesmo que não esteja atrapalhando sua comunicação, você deve procurar um médico para assim pesquisar a causa dessa mudança e fazer o tratamento adequado o quanto antes.



PRODUÇÃO VOCAL

Na inspiração o ar do meio externo passa pelo nariz, pelo trato vocal, pela laringe (onde estão localizadas as pregas vocais, também conhecidas como cordas vocais), e chega aos pulmões, aonde ocorrem as trocas gasosas.

Na expiração, que é o percurso de volta ao meio externo do ar, ao passar pela laringe, se as pregas vocais estiverem abertas estamos apenas respirando, se as pregas vocais estiverem fechadas estamos produzindo voz, fonando. O som que as pregas vocais produzem é muito parecido com o que produzimos ao vibrar os lábios. Mas, se as pregas vocais produzem um som como o de vibrar os lábios, então como falamos?

Pois bem, esse som que ela produz ao passar pelo nosso trato vocal (faringe, palato mole, nariz, língua, dentes e lábios) é transformado nos sons da fala que estamos acostumados a ouvir e o som muda de acordo com o movimento dessas estruturas.



CUIDADOS COM A VOZ:

A voz é resultado de uma atividade muscular das pregas vocais e da musculatura da cabeça e do pescoço, além do aparelho respiratório. Sendo assim, se alguma dessas estruturas estiver comprometida, podemos apresentar um problema de voz.

Alguns cuidados simples com a voz:

-       Hidratação (beber água).

Permite um melhor trabalho das estruturas que nos fazem falar.

Ingestão de outros líquidos: chás e sucos, embora não tão eficientes, também colaboram na hidratação das pregas vocais. Os refrigerantes não auxiliam na hidratação.

-       Evitar falar alto em ambientes barulhentos.

Esse tipo de esforço pode causar alguma lesão.

-       Cigarro, álcool e drogas.

Causam irritação das estruturas vocais.

-       Se tiver refluxo gastroesofágico evitar alimentos muito condimentados, gordurosos e fortes.

Ácido do estomago que volta no refluxo, ao atingir as estruturas da laringe, podem lesá-las.


ABUSO VOCAL


O que caracteriza o abuso vocal:

Competição sonora – falar em ambiente ruidoso – nesta situação o falante não percebe o esforço muscular realizado, o que pode resultar em rouquidão, fadiga vocal e ocasionar lesões.



Falar por período prolongado sem repouso vocal – o repouso vocal é importante para reorganizar a musculatura, diminuir possíveis edemas e irritações, bem como hidratar e lubrificar novamente a musculatura.



Gritar – o grito gera um forte impacto entre as pregas vocais podendo gerar lesões, quando realizado constantemente gera forte tensão muscular das pregas vocais e da musculatura da laringe como um todo, dificultando sua mobilidade.



Pigarrear – hábito que também promove o forte impacto entre as pregas vocais podendo levar a lesões em sua musculatura, quanto mais hidratada estiver a prega vocal, menor a sensação desconfortável do pigarro.


Para maiores informações, entre em contato conosco por telefone ou via e-mail.

+55 (11) 3853-6667

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

Rua Urussui, 71 - Cj. 112, Itaim Bibi, São Paulo SP | CEP: 04542-050 | Brasil | Tel: +55 (11) 3853-6667 | clinica@ignesmaiaribeiro.com.br

Copyright © 2017. Clinica Ignes Maia Ribeiro. Designed by Shape5.com

S5 Box

Login Form

S5 Register

*
*
*
*
*

Fields marked with an asterisk (*) are required.